Banner de Aniversário

Setut anuncia o colapso do sistema e que a passagem deveria ser de R$ 7,00

19 de setembro de 2022

Segundo o Setut, o preço da passagem de ônibus urbano deveria ser R$ 7,00, atualmente é R$ 4,00. Pelo prognóstico do Setut, o sistema não tem como se manter a partir do próximo mês. O sistema hoje é operado com 55% da frota, que já foi de 420 ônibus. Agora são apenas 220. E  66 desses ônibus, os mais novos, correm o risco de serem apreendidos por falta de pagamento. Junte-se a isso o número de passageiros transportados por mês. Eram 5 milhões de passageiros antes da pandemia. Hoje esse número não chega a 2,5 milhões por mês. O anúncio do Setut é de colapso no sistema e a partir do próximo mês. O problema? O de sempre: dinheiro. Ou melhor a falta dele. O coordenador técnico do Setut, Vinícius Rufino, frisou que faltam subsídios para o sistema de transporte. Para esse sistema funcionar precisariam de pelo menos R$ 5 milhões e reavaliar o que é a tarifa técnica e a tarifa do usuário. É essa distorção que foi apontada pelo coordenador técnico, além da quantidade de gratuidades que chegam a 16% dos usuários e a meia passagem, que, na verdade, é um quarto chegam aos 17% dos transportados no sistema da capital. Desde abril, a Prefeitura de Teresina repassa R$ 800 mil por mês para esse sistema, mas ainda não normalizou e nem regularizou. E não tem subsídios do governo do Estado nem para óleo diesel, nem para pneus e nem para IPVA. Enquanto isso, os usuários que se virem e aprendam a andar em outro tipo de transporte, nem que seja o clandestino.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM