Banner de Aniversário

Motoristas ganham ação contra as empresas de ônibus

16 de março de 2023

A Justiça do Trabalho acatou uma solicitação feita pela assessoria jurídica do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Público (Sintetro). Eles pediram um prazo de 24 horas para que as empresas dos consórcios do sistema de transporte coletivo efetuassem o pagamento dos salários em atraso.

Em entrevista à Teresina FM 91,9 o desembargador Téssio Torres informou que que se trata de um outro processo que envolve essa crise no transporte público. A reclamação decidida também em liminar é o pagamento dos salários referentes ao mês de fevereiro, em atraso.

A decisão foi a favor do Sintetro e contra o Setut, os consórcios e as empresas de ônibus. Os réus ainda serão notificados e comunicado o prazo para apresentarem a defesa.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM