Polícia

Desembargador concede Habeas Corpus e impede prisão de Luís Neto

O desembargador Erivan Lopes concedeu Habeas Corpus em favor de Luís Nunes Neto, acusado de integrar um grupo de grilagem de terras no litoral do […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 30/05/2019, 10:24

O desembargador Erivan Lopes concedeu Habeas Corpus em favor de Luís Nunes Neto, acusado de integrar um grupo de grilagem de terras no litoral do Piauí.  Luís Neto estava foragido da Polícia, desde quando uma equipe do Gaeco foi mandado de prisão e de busca e apreensão em sua residência.

Luís Neto foi acusado de grilar terras públicas

No contramandado de prisão, o desembargador determina que na liberdade de Luís Neto não seja molestada e determina ainda a substituição da prisão preventiva por medida cautelar e que preste informações necessárias.

Na decisão, o desembargador ainda proíbe Luís Neto de entrar em contato com a testemunha Carlos Antônio de Sousa Júnior ou qualquer outra testemunha de acusação no processo criminal.

contramandado de prisão foi assinado pelo desembargador Erivan Lopes

Luís Neto é acusado de grilagem de terra e falsidade ideológica e teve a prisão decretada na operação Sal da Terra de Nullius Terram, da polícia civil.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM