Polícia

Greco e Gaeco cumprem novos mandados na operação de grilagem

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriram novos mandados de busca […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 31/05/2019, 10:39

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriram novos mandados de busca e apreensão no apartamento do empresário Luís Nunes Neto, na zona Leste de Teresina.

Greco e Gaeco estiveram de novo cumprindo mandados no apartamento de Luís Neto

Os policiais apreenderam um computador, documentos e alguns materiais que estavam no apartamento.  Os representantes não deram maiores informações alegando que a investigação segue em sigilo. A ação foi coordenada pelo delegado Daniel Pires, do Greco, e pelo promotor de Justiça, Rômulo Cordão, do Gaeco.

Promotor de Justiça Rômulo Cordão coordenou as ações do Gaeco na operação

Esta é a segunda ação da Operação Terram Nullius, deflagrada no dia 28, para combater a grilagem de terra e atuação de milícia armada no litoral do Piauí.

Existia um mandado de prisão contra Luís Neto. Ele conseguiu um contramandado de prisão, expedido pelo desembargador Erivan Lopes, impedindo a sua prisão.

O empresário Luís Neto foi acusado de grilar terras públicas no litoral do Piauí

 

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM