Polícia

Audiência de agressor da árbitra será dia 1º de julho

O estudante de Engenharia de Pesca da Universidade Federal do Delta do Parnaíba, Rodrigo Quixaba, que agrediu a árbitra Eliete Maria Fontenele, durante uma competição […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 07/06/2019, 11:06

O estudante de Engenharia de Pesca da Universidade Federal do Delta do Parnaíba, Rodrigo Quixaba, que agrediu a árbitra Eliete Maria Fontenele, durante uma competição de futsal, se apresentou à Delegacia de Parnaíba onde foi registro um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), vai responder a processo por agressão com audiência marcada para o dia 1º de julho, e ainda responde a processo administrativo na universidade.

Durante o depoimento, Rodrigo Quixaba frisou que não teve intenção de agredir a arbitra. Ele disse que tem sofrido ameaças e, por isso, não se apresentou antes. Rodrigo depois do depoimento foi liberado pelo delegado Cristian Mascarenhas.

Estudante Rodrigo Quixaba responde a TCO e pode ser expulso da universidade

O depoimento durou cerca de uma hora e foi registrado, de acordo com o laudo de corpo de delito, lesão corporal leve. A advogada de Eliete, Taise Cristine, entrou com o pedido de indenização por danos morais contra Rodrigo Quixaba.

“Eu defendo a tese de violência de gênero, pelo fato dela ser mulher, representando uma minoria, com certeza o agressor se encorajou desse fato. Agredida da forma como a Eliete foi, a socos, ele se valeu da posição masculina para cometer essa covardia com ela”, argumentou a advogada.

Árbitra de futebol, Eliete Maria Fontenele, agredida durante jogo na universidade federal em Parnaíba

A universidade abriu processo administrativo para expulsar ou suspender o estudante. O resultado deve ser apresentado nos próximos 30 dias.

 

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM