Polícia

Polícia Civil deflagra operação e prende 14 por homicídio, roubo e tráfico

A Polícia Civil deflagrou a operação Cerco Fechado na segunda fase para cumprir 14 mandados de prisão por homicídios, receptação, roubo e tráfico. As prisões […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 18/06/2019, 12:43

A Polícia Civil deflagrou a operação Cerco Fechado na segunda fase para cumprir 14 mandados de prisão por homicídios, receptação, roubo e tráfico. As prisões foram feitas em Teresina e em São Paulo.

Segundo informações do delegado Willame Moraes, dentre os presos está o pastor evangélico Maurício Pereira Nascimento, acusado de roubo. E um deficiente físico, José do Egito Santana, acusado de esfaquear um policial civil em Teresina. E José de Almeida foi preso por participar de uma chacina em Guarulhos (SP), onde seis pessoas foram mortas, em 2002.

Presos relacionados pela Policia Civil apanhados na operação Cerco Fechado em sua segunda fase

“Essa é a segunda fase da operação Cerco Fechado em Teresina. Na semana passada teve a primeira fase. Ao todo 14 mandados de prisões, sendo que são 12 pessoas presas. Temos pessoas presas por homicídio, tentativa de homicídio, roubo qualificado e outros crimes menos graves. Um dos casos é a tentativa de roubo e homicídio a um policial civil da nossa capital. Ele foi esfaqueado e teve a sua arma subtraída. O que chama mais atenção nesse caso é que um dos acusados é deficiente físico e só tem uma perna. Temos também preso um pastor evangélico pelo crime de roubo. Outro caso de prisão é de um dos responsáveis por uma chacina corrida em Guarulhos, onde seis pessoas foram mortas em 2002”, explicou o delegado Willame Moraes.

Delegado Willame Moraes foi um dos coordenadores da Operação Cerco Fechado

Já foram presos: Lorena Hermes da Costa Silva por receptação; Antônio de Lima Macedo por receptação e porte ilegal de arma; Josemar da Costa Silva por roubo; Osmael Vieira de Macedo (não foi revelado o crime); Gustavo Rossine Moraes por roubo; Bruno Santana Barbosa por roubo; José de Almeida de Sena Bispo por participar de uma chacina em Guarulhos; Denilson Jardel de Sousa Marinho por receptação; Maurício Pereira Nascimento por roubo; Alexandre Werendell da Silva Marques por roubo; Moisés Pereira da Silva por roubo; e José de Egito Santana de Araújo, por roubo e tentativa de homicídio.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM