Polícia

Comitê investiga denúncia de tortura a menores infratores

O Comitê de Prevenção e Combate a Tortura no Piauí investiga as denúncias de maus tratos, tortura e situação degradantes aos menores infratores internados no […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 21/06/2019, 13:42

O Comitê de Prevenção e Combate a Tortura no Piauí investiga as denúncias de maus tratos, tortura e situação degradantes aos menores infratores internados no Centro Educacional Masculino (CEM). A denúncia foi feita em nível nacional, publicada no site Uol.

Centro Educacional Masculino (CEM) na zona Norte de Teresina

“Recentemente nos foi encaminhado que no CEM estava ocorrendo muito problema de tortura e maus-tratos. A gente conversou com a pessoa encarregada do CEM e estamos agendando uma visita para tratar isso. A denúncia é muito grave. Vimos as fotografias e é um absurdo ver, no século XXI, casos de tortura, sobretudo com esses internos”,  comentou a presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PI), Conceição Carcará.

Comissão de Direitos Humanos da OAB-PI está acompanhando o caso

“Temos a Comissão de Direitos Humanos que está zelando  por estes adolescentes. Ademais, temos o ECA que dá total amparo pela Constituição. E, mesmo assim, as pessoas que dão apoio à essas crianças e adolescentes ainda tentam burlar a lei e agredir esses humanos, sobretudo, os jovens infratores. Eles merecem cuidado especial, tanto que a pena máxima é de até três anos”, comentou Conceição Carcará.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM