Gif sobre a atualização do site do detran pi.

Polícia

Juíza manda transferir internos no CEM após rebelião

O juíza da 2ª Vara da Infância e da Juventude, Elfrida Costa Belleza, determinou a transferência de 42 adolescentes para o Centro Educacional de Internação […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 12/08/2019, 12:31

O juíza da 2ª Vara da Infância e da Juventude, Elfrida Costa Belleza, determinou a transferência de 42 adolescentes para o Centro Educacional de Internação Provisória (CEIP), no Dirceu, depois da rebelião no Centro Educacional Masculino (CEM) onde foram destruídas três alas e atearam fogo nos colchões.

Menores fizeram motim no prédio do Centro Educacional Masculino em Teresina

“Foi uma decisão em conjunto com o Ministério Público, Defensoria, e a comissão de Direitos Humanos. O CEM não têm condições de abrigar internos após o motim”, justificou a juíza, informando ainda que alguns menores foram transferidos para o Complexo da Cidadania, no bairro Redenção.

A Sasc faz avaliação de danos causados após motim no CEM. “Houve uma tentativa de fuga em massa. Serraram grandes, tentaram fugir, dois pularam o muro. Fomos alertados, conseguimos recapturar e essa recaptura e frustração da fuga gerou essa rebelião. Eles começaram um quebra-quebra”, informou Wellington Rodrigues, gerente de apoio institucional do sistema socioeducativo.

Juíza Elfrida Beleza determinou a transferência e o reforço no policiamento

Em julho, o governador Wellington Dias decretou estado de emergência no CEM para reforma após constantes fugas e depredações do prédio.

“Hoje vamos fazer a avaliação dos danos. As obras no decreto de emergência começariam hoje. Agora, vamos reavaliar para ver como inclui essa situação”, finalizou Wellington Rodrigues.

 

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM