Banner de Aniversário

Polícia

Funcionário de gráfica repassou gabarito de concurso da PMPI

O secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, informou que o funcionário de uma gráfica terceirizada, que prestava serviços ao Núcleo de Concursos e Promoção de […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 13/08/2019, 12:45

O secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, informou que o funcionário de uma gráfica terceirizada, que prestava serviços ao Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe), foi quem repassou o gabarito da prova do concurso da Polícia Militar do Piauí, realizado em 2014, para os militares presos hoje (13) na Operação Fraudulenti.

Secretário de Segurança. Fábio Abreu, informou sobre as investigações da operação Fraudulenti

Nove pessoas foram presas, sendo oito policiais militares que teriam ingressado por meio de fraude na corporação. E o funcionário suspeito de entregar o gabarito aos acusados.

“Ele disse que passou para um candidato que tinha o sonho de ser policial militar e ele ficou sensibilizado. Daí então o gabarito foi repassado. Os outros presos são policiais militares, a maioria deles estava lotada em José de Freitas e Simões. Um deles fazia curso de formação da PM do Maranhão e foi preso em São Luís (MA) e será transferido para Teresina ainda hoje”, informou o secretário.

Operação Fraudulenti terá desdobramentos e terá novas prisões

Fábio Abreu destacou que mais pessoas podem ser presas por suspeita de fraudes no concurso da PM-PI. A primeira etapa do concurso, realizado em dezembro de 2013, foi anulada por fraudes. A prova foi reaplicada em fevereiro de 2014.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM