Banner de Aniversário
Gif sobre o fundo estadual dos direitos da criança e do adolescente.

Polícia

PF do Piauí deflagra operação contra fraudes no SUS

A Polícia Federal deflagrou a Operação Peloponeso no Piauí. O objetivo é apurar o desvio de recursos públicos na área de saúde com saques em […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 04/09/2019, 10:50

A Polícia Federal deflagrou a Operação Peloponeso no Piauí. O objetivo é apurar o desvio de recursos públicos na área de saúde com saques em agências bancárias para beneficiar empresários. E fraudes no credenciamento de clínicas para obter recursos do SUS, sem a prestação dos serviços. Inicialmente a fraude gerou um rombo superior a R$ 17 milhões.

A Polícia Federal informou que foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de Teresina, Picos e Brasília. E houve a apreensão de veículos e o bloqueio de valores em contas e ativos financeiros, no valor aproximado de R$ 14 milhões.

Agentes da PF fizeram busca e apreensão no centro de reabilitação em Picos

A investigação apurou o envolvimento de empresários e de servidores públicos no esquema. O prejuízo calculado pelo TCU, até março de 2019, é na ordem de R$ 17.678.712,69. A investigação aponta fraudes no credenciamento de Centros Especializados de Reabilitação junto ao SUS, com a finalidade de receber recursos federais sem a devida prestação de serviços por parte das clínicas.

Operação mobilizou sessenta agentes da PF em Teresina, Picos e em Brasília

A operação conta com a participação de 60 policiais federais do Piauí, Maranhão, Ceará e Distrito Federal. E ainda tem a participação de auditores do Tribunal de Contas da União (TCU) e  também do Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS).

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM