Banner de Aniversário

Polícia

Polícia Federal cumpre mandados contra fraudes previdenciárias em Picos

De acordo com o órgão, criminosos falsificavam exames e laudos médicos e causaram prejuízo de mais de R$ 200 mil

Publicado por: FM No Tempo 06/10/2021, 08:32

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (6) a Operação Neoplasia, destinada a desarticular organização criminosa especializada em fraudes no município de Picos, a 314 km de Teresina. O grupo obtinha benefícios previdenciários, em especial auxílio-doença, por meio da falsificação de exames e laudos médicos de hospitais.

Veículo apreendido durante operação (Foto: Divulgação/PF-PI)

Em parceria com a Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT), o órgão mobilizou 15 agentes policiais para o cumprimento de seis mandados judiciais, dos quais três são de busca e apreensão e os outros três, de prisão temporária. Todos foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Teresina e devem ser cumpridos em Picos.

De acordo com o delegado Eduardo Monteiro, as investigações da PF identificaram 190 benefícios atrelados à organização criminosa. Dentre eles, constataram fraude em 38, o que gerou ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) um prejuízo efetivo superior a R$ 230 mil.

Assim, as contas bancárias de três envolvidos nas fraudes identificadas foram bloqueadas a pedido da Polícia Federal. Os investigados poderão responder pelos crimes de organização criminosa, estelionato majorado, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Agente realizando vistoria em residência de suspeito (Foto: Divulgação/PF-PI)

Segundo o órgão, o nome da operação faz referência ao fato de os investigados apresentarem-se na maioria dos casos como portadores de doenças neoplásicas (câncer). Assim, falsificavam exames e atestados médicos com o intuito de receber benefícios previdenciários indevidos.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM