Polícia

PC-PI prende mulher acusada de utilizar documentos do dono das Farmácias Toureiro para comprar carro de R$ 320 mil

Suspeita faz parte de organização criminosa de atuação nacional conhecida por praticar estelionatos

Publicado por: Eric Souza 19/05/2022, 14:02

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (18) uma mulher identificada como Kelsilene Daniela Campos, suspeita de ter utilizado os documentos pessoais de Gerardo Cavalcante Neto, dono das Farmácias Toureiro, para financiar um veículo Amarok no valor de R$ 320 mil.

Kelsilene iria receber veículo financiado no nome de empresário (Foto: Divulgação/PC-PI)

Segundo informações do delegado Ademar Canabrava, do 12º Distrito Policial, o empresário procurou a polícia há duas semanas a fim de registrar boletim de ocorrência.

No documento consta que um indivíduo, em posse de seus dados, negociou o carro na concessionária Alemanha Veículos, em Teresina, no dia 27 de abril. O preço total do Amarok foi dividido em 60 parcelas de R$ 9,7 mil, totalizando a quantia de R$ 585 mil.

Gerardo, porém, apenas tomou conhecimento do fato quando o gerente da empresa lhe telefonou, de Parnaíba, para confirmar a compra. A vítima então fez a denúncia do caso à Polícia Civil.

Dividido em 60 parcelas de R$ 9 mil, carro custou R$ 585 mil no total (Foto: Divulgação/PC-PI)

Ainda de acordo com o titular do 12º DP, Kelsilene faz parte de um grupo criminoso de atuação nacional e sua função é receber os veículos negociados.

A mulher foi autuada pelos crimes de estelionato e uso de documentação falsa e será submetida a uma audiência de custódia. Quanto aos outros integrantes da organização, a PC-PI se encontra em diligência para determinar seus paradeiros.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM