Banner de Aniversário

Polícia

Dona de funerária nos EUA é condenada por comercializar partes de 560 cadáveres

A criminosa admitiu que entregava cinzas falsas para os clientes

Publicado por: Caio Rabelo 05/01/2023, 09:10

Matéria de Danielle Simeão

A dona de uma funerária no Colorado, nos Estados Unidos, foi condenada a 20 anos de prisão por comercializar partes de pelo menos 560 cadáveres sem autorização das famílias. A criminosa Megan Hess, de 46 anos, admitiu que entregava cinzas falsas para os clientes.

Shirley Koch, à esquerda e Megan Hess, à direita

Megan Hess, juntamente com a mãe, Shirley Koch, de 69 anos, vendiam os restos mortais para uso em pesquisas ilegais. As investigações apontam que elas também vendiam partes com doenças infecciosas.

As empresas não tinham conhecimento de que estavam adquirindo partes humanas obtidas de forma ilegal. Mais de 200 famílias foram enganadas pelas criminosas, segundo os promotores dos casos.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM