Política

Georgiano cobra prazo para recuperação do Parque Rodoviário

O deputado estadual Georgiano Neto (PSD), cobrou durante audiência pública na Assembleia Legislativa, um prazo para as autoridades adotarem providências em relação ao atendimento às […]

Publicado por: Wanderson Camêlo 21/05/2019, 19:14

O deputado estadual Georgiano Neto (PSD), cobrou durante audiência pública na Assembleia Legislativa, um prazo para as autoridades adotarem providências em relação ao atendimento às famílias atingidas pela enxurrada no Parque Rodoviário, na zona Sul da capital. Ele ainda criticou a ausência da empresa Oi, proprietária do terreno onde acumulava a água que atingiu cerca de 130 casas no local.

Foto: Reprodução/Facebook/Georgiano Neto

A audiência pública discutiu o acidente no Parque Rodoviário, ocorrido no dia 4 de abril. Georgiano Neto se mostrou solidário à situação das mais de 130 famílias que ficaram desabrigadas.

O deputado advertiu que a situação é urgente e, por isso, cobrou um prazo para solução do problema. As famílias atingidas alegam passar necessidades e querem invadir o terreno da Oi, para construírem suas casas.

“É importante discutir a situação do Parque Rodoviário e, de acordo com as providências já tomadas, devemos nos preocupar com a reconstrução das unidades habitacionais e reforma, além da urbanização. Gostaríamos até de saber se há uma previsão para isso”, ressaltou o deputado.

Georgiano Neto esteve em audiência com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, para tentar dar maior suporte a esse caso. “No dia 16 de abril estive acompanhado do deputado Júlio César, em audiência com o ministro Gustavo Canuto, onde ele nos afirmou as limitações e dificuldades da ajuda, porque o evento não foi causado por um desastre, mas sim pela negligência em manutenção por parte da empresa responsável pelo local”, enfatizou o deputado.

Por Luciano Coelho/ Júnior Medeiros

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM