Banner de Aniversário
Gif sobre a atualização do site do detran pi.

Geral

Animais do Zoobotânico vão ser transferidos para santuários ecológicos

A transferência dos animais ser feita de forma gradual

Publicado por: FM No Tempo 15/07/2021, 10:46

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), vai transferir animais exóticos do parque Estadual Zoobotânico, situado em Teresina para santuários ecológicos e habitats naturais em outros lugares no Brasil onde possam viver livremente. A iniciativa da Semar tem parceria com a Confederação Brasileira de Proteção Animal.

Foto: Semar / Reprodução

“Entendemos que a associação de lazer e diversão com animais em recintos fechados está totalmente ultrapassada. O que a Semar busca com essa ação está em sintonia com as melhores práticas mundiais de bem-estar animal e conservação ambiental”, destaca Sádia Castro,  secretária do Meio Ambiente.

Transferência dos animais 

A Semar vai organizar e escalonar os grupos e espécies que vão ser transferidos paulatinamente durante o programa. Para dar início à operação, foram selecionados espécimes da família dos macacos barrigudos, espécie ameaçada de extinção, formada por cinco membros, entre os quais um filhote recém-nascido no próprio parque. Há, ainda, dois felinos de grande porte, a leoa Mimi e uma onça pintada.

Animais soltos novamente em habitat naturais 

De acordo com Sádia Castro, o objetivo é transferir todos os animais, sendo que os exóticos irão para santuários e os nativos reinseridos nas áreas de soltura certificadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A ação está inserida no programa Bicho Solto, em execução pela Semar desde o início de 2021, que tem como objetivo reinserir animais silvestres e exóticos ao seu habitat natural. A primeira fase da campanha, voltada a animais silvestres, reinseriu 71 aves, entre ararinhas, jandaias, papagaios e periquitos. Na segunda fase, a ser realizada em 28 de julho, será a vez dos primatas. Depois, ocorrerá a reinserção dos felinos e, por último, dos répteis.

Além da Confederação Brasileira de Proteção Animal, a outra instituição parceira do programa é a Força Aérea Brasileira (FAB), que vai colaborar com o transporte dos animais aos seus destinos definitivos de liberdade e convívio com a natureza.

 

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM