Política

Deputado Cícero Magalhães fala em debandada no PL caso Bolsonaro se filie ao partido

“Eu acredito que eles não são crianças”, declarou

Publicado por: Wanderson Camêlo 29/11/2021, 15:23

Devido à possível filiação de Jair Bolsonaro ao PL, o cenário é de indefinição na executiva regional do partido. As principais lideranças da agremiação em âmbito de Piauí aguardam a concretização do fato para organizarem uma reunião interna no sentido de definirem os próximos passos. 

O encontro aconteceria na semana passada, justamente por conta da carta branca dada por Valdemar Costa Neto (presidente nacional do PL) para o desembarque do presidente da República no PL. As conversas não aconteceram porque existia a perspectiva de que houvesse uma nova reviravolta.

Fábio Abreu, único representante do PL na Câmara Federal, é publicamente contra a filiação de Bolsonaro ao partido (Foto: Wanderson Camêlo/Teresina FM)

O medo dos que representam o partido, mas integram a base do governador Wellington Dias (PT), é que Bolsonaro cobre lealdade de todos os diretórios regionais ao seu projeto. Para o deputado estadual Cícero Magalhães, é isso que vai acontecer. O petista, aliás, já conversou sobre o assunto com os colegas de Assembleia Legislativa que pertencem ao PL e afirma que o sentimento é de insatisfação.

“Eu acredito que eles não são crianças, se o Bolsonaro, vem ele, em algum momento, vai querer lealdade do partido. Alguns já me disseram que têm dificuldade de permanecer no partido. Se fizer isso [impor lealdade], muitos não vai ficar”, garantiu Cícero.

O deputado estadual Cícero Magalhães, presidente do PT-Teresina (Foto: Wanderson Camêlo/Teresina FM)

Em entrevista hoje à Teresina FM, o deputado federal Fábio Abreu (PL) não demonstrou desejo de sair da legenda se afiliação do presidente da República se concretizar no próximo dia 30, como anunciado. No entanto, deixou claro que o cenário poderá mudar caso a executiva nacional resolva impor que todos os diretórios apoiem a pré-candidatura de Jair Bolsonaro à reeleição.

“Nós vamos fazer uma reunião tão logo aconteça essa filiação para que nós possamos tomar as decisões, mas, assim, o que temos conversado nos bastidores é sobre justamente sobre uma união para estarmos juntos para aguardar essas diretrizes, se vai acontecer alguma coisa de diferente do que o presidente Valdemar Costa Neto tem prometido a nós”, destacou o parlamentar.

Todo o diretório regional do PL está comprometido com o grupo que faz parte da base de Wellington. O partido também conta com três deputados estaduais: Fábio Xavier (secretário estadual das Cidades), Coronel Carlos Augusto e Doutor Hélio.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM