Banner de Aniversário

Política

Governo aguarda exoneração de secretários que vão disputar as próximas eleições

No total, oito gestores devem deixar seus respectivos cargos

Publicado por: Wanderson Camêlo 30/11/2021, 10:51

Matéria de Wanderson Camêlo (com colaboração de Eric Souza)

Vários nomes do secretariado estadual devem antecipar a saída de suas pastas para disputar as próximas eleições. O governador Wellington Dias (PT) não falou se vai exigir as exonerações antes do prazo legal de desincompatibilização, mas oito gestores são considerados carta fora do baralho. 

O primeiro a se manifestar sobre o assunto foi o secretário de Governo Osmar Júnior (PCdoB). Depois de reunião, nesta segunda-feira (29), com o chefe do Executivo estadual e outros integrantes do secretariado, ele confirmou à imprensa que tem projeto definido para as eleições proporcionais de 2022. Resta apenas definir se vai disputar vaga na Assembleia Legislativa ou na Câmara Federal (o mais provável).

Foto: Jorge Bastos/CCom

“Pretendo, sim, seguir o grupo daqueles que vão se desincompatibilizar. Falta decidir se concorrerei a deputado estadual ou federal”, afirmou o gestor.

Osmar Júnior ainda comentou sobre a possibilidade de o PCdoB construir uma federação com outros partidos, tais como PT, PSB e PV. “Há um debate grande nacionalmente, estamos esperando os resultados dessas conversas. Acreditamos que as federações podem ser instrumentos políticos eficazes para enfrentar os desafios do Brasil atual”, acrescentou.

Os gestores que possuem mandato terão de se afastar das respectivas pastas para votarem a Lei Orçamentária Anual, que vai a plenário na Assembleia Legislativa até, no máximo, o próximo dia 14 de dezembro. O primeiro a fazer isso foi o petista Fábio Novo, que administrava a secretaria de Cultura. Ainda não se sabe se quem sair vai ter a oportunidade de voltar logo após a votação.

Confira a lista dos secretários que devem deixar os cargos:

– Rafael Fonteles (PT), secretário de Fazenda e pré-candidato ao governo do Estado;

– Osmar Júnior (PCdoB), secretário de Governo e pré-candidato a deputado;

– Florentino Neto (PT), secretário de Saúde e pré-candidato a deputado federal;

– Fábio Xavier (PL), deputado estadual, secretário das Cidades e pré-candidato à reeleição;

– Zé Santana (MDB), deputado estadual, secretário de Assistência Social e pré-candidato à reeleição;

– Janaínna Marques (PTB), deputada estadual, secretária de Infraestrutura e pré-candidata à reeleição;

– Hélio Isaías (Progressistas), deputado estadual, secretário de Transportes e pré-candidato à reeleição;

– Viviane Moura (Solidariedade), superintendente de Parcerias Público-Privadas (PPPs) e pré-candidata a deputada federal;

– Castro Neto (MDB), diretor do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e pré-candidato a deputado federal.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM