Banner de Aniversário

Política

Luís André deve ir a Brasília na próxima semana para tratar sobre a presidência do partido no Piauí

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou nesta quarta-feira, 09, a criação do partido

Publicado por: Wanderson Camêlo 11/02/2022, 15:14

Com o União Brasil criado oficialmente, o desafio futuro vai ser definir os nomes que irão administrar a legenda em cada estado. Como a sigla é resultado de uma fusão entre o DEM e o PSL, a questão passa por uma negociação entre as lideranças dos dois grupos.

O vereador Luís André, ex-presidente do PSL-PI (Foto: Wanderson Camêlo/Teresina FM)

“Está muito indefinido em todos os estados, principalmente no Nordeste, mas eu torço para que o partido marche com a oposição, por uma terceira via, e que esse projeto seja um corredor único para que todos nós que estivemos juntos estejamos juntos no segundo turno. Estamos juntos para que possamos tirar o PT do poder”, explicou o vereador Luís André (ex-presidente do PSL-PI) em entrevista à Teresina FM. Ele, especulado como chefe da executiva estadual do União Brasil, deve ir a Brasília na próxima semana para tratar do assunto.

Aqui no Piauí a disputa é entre Luís e Ronney Lustosa (ex-presidente do DEM-PI). Fala-se nos bastidores que o vereador é o favorito.

Luís André, inclusive, já se mexe para fortalecer a legenda para a disputa destas eleições. Ele pretende disputar uma vaga na Câmara Federal e participa ativamente das negociações visando levar para o grupo, por exemplo, o presidente da Câmara de Teresina, o emedebista Jeová Alencar (pré-candidato a deputado estadual), além do prefeito da capital, Doutor Pessoa (MDB).

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou nesta quarta-feira, 09, a criação do União Brasil.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM