Banner de Aniversário
Gif sobre o fundo estadual dos direitos da criança e do adolescente.

Política

Tiago Vasconcelos entrega superintendência do INCRA-PI e não garante permanência no PSD

O ex-vereador ainda vai formalizar a despedida ao presidente do PSD-PI

Publicado por: Wanderson Camêlo 15/02/2022, 08:40

Tiago Vasconcelos (PSD) agora é ex-superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) no Piauí. Ele anunciou ainda no final de semana a saída do cargo; o motivo foi a permanência do PSD na base do governador piauiense, Wellington Dias (PT). O ex-vereador ainda vai formalizar a despedida ao presidente do PSD-PI, o deputado federal Júlio César.

Como o petista é algoz do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), a situação de Vasconcelos na pasta ficou insustentável. Assim como ele, o colega de partido Jonas Moura também perdeu o cargo que tinha no governo federal e pelo mesmo motivo. 

O ex-prefeito, de Água Branca, era diretor do Departamento de Engenharia de Saúde Pública da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e foi exonerado no dia 10 de janeiro pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira.

Tiago Vasconcelos, ex-superintendente do INCRA no Piauí (Foto: Reprodução/Instagram)

Em troca da permanência no grupo do Palácio de Karnak, o PSD conquistou o direito de indicar a primeira suplência de senador. Wellington Dias deve ficar na titularidade. 

Em entrevista à imprensa nesta segunda-feira (14), durante visita à Câmara de Teresina, Tiago também não descartou sair do PSD. A condição para permanecer é o partido não se fundir com o MDB, em âmbito de estado, para disputar a eleição proporcional que se avizinha.

O ex-vereador teme que o alinhamento afete sua pré-candidatura. Segundo ele, a sigla, saindo sozinha, consegue fazer até quatro deputados estaduais, ou seja, pelos cálculos, Tiago teria condições de entrar pela sobra. 

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM