Banner de Aniversário

Política

Prefeito de Palmeirais critica o governo do Estado, recua e confirma apoio a Rafael Fonteles

Em entrevista à imprensa, petebista alega falta de assistência do Karnak à cidade; já à Teresina FM, nega apoio à oposição

Publicado por: Wanderson Camêlo 13/05/2022, 10:01

Matéria de Wanderson Camêlo (com colaboração de Eric Souza)

O prefeito de Palmeirais, Baltazar Campos (PTB), resolveu não se filiar ao PT, e logo em seguida se reuniu com o pré-candidato ao governo do Piauí Silvio Mendes (União Brasil). Devido a isso, especulou-se que o gestor havia abandonado a base governista; ele mesmo deu pano para manga em entrevista, nesta quarta-feira (11), a um canal de televisão local.

“Não tenho dúvidas de que os deputados [estaduais] Flávio Nogueira Jr. (PT), Pablo Santos (MDB) e Francisco Costa (PT) terão o meu apoio, pois são esses três que mais ajudam Palmeirais. Agora, cadê o PRO Piauí [programa do governo piauiense]? E as ações do governo federal? Ainda não recebi um centavo de emenda em 2022”, declarou.

Baltazar Campos, prefeito de Palmeirais (Foto: Reprodução/Facebook)

Já nesta quinta-feira (12), em entrevista à Teresina FM, via telefone, o prefeito mudou o discurso.

“Quem diz que apoio Silvio Mendes não fala a verdade. Eu o recebi por se tratar de um homem sério, uma pessoa que jamais deixaria de atender em qualquer lugar, assim como faria com qualquer outra pessoa. Mas meu candidato é Rafael Fonteles, já disse mil vezes. Sou um prefeito independente e nenhum político me conduz”, enfatizou.

Rafael Fonteles, pré-candidato do PT ao governo do Estado (Foto: Wanderson Camêlo/Teresina FM)

Rafael Fonteles (PT), pré-candidato ao governo do Estado, tratou do assunto na quinta, durante pronunciamento na sede estadual do Partido dos Trabalhadores, onde aconteceram as filiações dos prefeitos de Campo Alegre do Fidalgo, Ismael Odílio, e Floresta, Amilton Rodrigues (ambos do PTB).

“Os líderes têm liberdade para atuar. Enquanto fui secretário e ele prefeito, tivemos uma relação muito boa, mas é agora que as definições políticas acontecem. Torcemos para que [Baltazar] fique conosco, mas entenderemos perfeitamente se optar por outro caminho, afinal ele precisa tomar decisões sintonizadas com suas bases”, salientou.

Baltazar Campos chegou a ser anunciado no PT; foi o próprio partido que destacou que o prefeito iria se filiar no dia 20 do mês passado. Um dia antes da solenidade, o gestor foi sacado do cronograma de filiações. Ele não se manifestou sobre o assunto na oportunidade.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM