Banner de Aniversário

PIAUÍ

Vereador de Pedro II faz ofensa racista a agente de saúde do município; caso foi parar na Justiça

O responsável foi o vereador Joaquim Neto

Publicado por: Wanderson Camêlo 04/01/2024, 09:53

O vereador Joaquim Neto (Progressistas), de Pedro II, está sendo processado por proferir ofensas a uma agente de saúde da cidade. Os ataques constam em áudio que circula em grupos de WhatsApp.

Alegando ter sido traído politicamente pela mulher, identificada como Lenir Chaves, o parlamentar chama a profissional de “vagabunda e sem-vergonha”. Teve até ofensa de cunho racista.

O vereador Joaquim Neto (Progressistas), de Pedro II (Foto: Divulgação/Câmara de Pedro II)

“Eu fiz por você, você fez por mim, mas você se vendeu covardemente. Eu era seu amigo, eu era uma pessoa que tinha maior atenção. Você, na campanha, você não votou para mim mesmo não, Lenir; você votou na Esmaela. Você, para mim, você é uma vagabunda, Lenir, vagabunda, ‘cunhã’, sem-vergonha […]”, ataca Joaquim.

“Quem e você, Lenir? É uma negra, irresponsável, que não soube reconhecer o que eu fiz por você, vagabunda”, finaliza o vereador.

A reportagem da Teresina FM teve acesso ao material nesta quarta-feira, 03. De acordo com o portal de notícias Conecta Piauí, a vítima denunciou o caso à Justiça justamente ontem.

Como também informou o meio de comunicação, Lenir Chaves trabalhou para Joaquim Neto até as eleições de 2020, quando preferiu passar a apoiar Esmaela Macêdo (Progressistas), eleita vereadora de Pedro II naquele ano.

Não conseguimos contato com o vereador para tratarmos do assunto.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM