Propaganda do Governo do Estado do Piauí

Saúde

Médicos do Estado paralisaram atividades a partir de quarta-feira

Os médicos servidores públicos do Estado decidem na próxima terça-feira (6) se, novamente, vão paralisar as atividades. A assembleia geral extraordinária sobre o assunto acontecerá […]

Publicado por: Luciano Coelho Repórter: Luciano Coelho 01/08/2019, 08:27

Os médicos servidores públicos do Estado decidem na próxima terça-feira (6) se, novamente, vão paralisar as atividades. A assembleia geral extraordinária sobre o assunto acontecerá na sede do Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí (Simepi).

A categoria reivindica a correção do repasse de insalubridade, melhores condições de trabalho, realização de concurso público e o piso salarial da Fenam (Federação Nacional dos Médicos). As mobilizações iniciaram no mês de maio.

Médico Samuel Rego, presidente do Sindicato, convocou a assembleia geral da categoria para terça-feira à noite

“Estamos lutando por condições dignas de trabalho para que a medicina seja exercida de forma digna para os médicos e para a população. Infelizmente o governo do Estado está passando por um momento em que a saúde pública não vem sendo tratada com prioridade”, afirmou o presidente do Simepi, Samuel Rêgo.

Na paralisação anterior, o Tribunal de Justiça (TJ-PI), por meio do desembargador Edvaldo Moura, determinou que a paralisação dos médicos fosse suspensa.  O Sindicato dos Médicos divulgou nota informando que a entidade obedeceria às determinações judiciais.

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM