Saúde

Reunião que avaliará uso emergencial de vacinas deve durar 5h, diz Anvisa

Serão analisados os dados de relatório elaborado pela área técnica do Instituto Butantan e da Fiocruz

Publicado por: Lilian Oliveira 16/01/2021, 17:35

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vai realizar uma reunião para analisar as solicitações de uso emergencial das vacinas contra a covid-19 neste domingo (17). De acordo com a agência, a previsão de duração do encontro é de 5 horas.

A reunião está prevista para começar às 10h e será transmitida ao vivo pelos canais digitais da Anvisa. Duas vacinas serão averiguadas pela a Anvisa: a CoronaVac, fabricada e desenvolvida pelo Instituto Butantan em conjunto com a farmacêutica Sinovac; e a da Fiocruz, que é resultante de estudos da Universidade de Oxford, na Inglaterra, em parceria com o laboratório AstraZeneca.

Reunião Extraordinária acontece no domingo (17/1), penúltimo dia do prazo de análise dos pedidos de uso emergencial (Foto: Divulgação)

Entenda como funciona a reunião

Cinco diretores da Anvisa vão participar da reunião. O colegiado vai analisar os pareceres elaborados por três áreas técnicas: A área de medicamentos, que avalia os estudos clínicos e de eficácia e segurança;  a área de certificação de Boas Práticas de Fabricação, que verifica se os locais de fabricação da vacina têm condições adequadas; e  área de monitoramento de eventos adversos, que monitora e investiga depois da vacinação se as pessoas tiveram alguma reação à vacina. De acordo com a Anvisa, a decisão passa a valer a partir do momento em que houver a comunicação oficial ao laboratório. 

Fonte: UOL

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM