Banner de Aniversário

Geral

Crise humanitária: governo decreta estado de Emergência em Saúde em território Yanomami

Presidente Lula responsabiliza governo de Bolsonaro pela atual situação.

Publicado por: Caio Rabelo 23/01/2023, 11:30

Matéria de Gabriel Prado

O governo decretou nesta sexta-feira (20) estado de Emergência em Saúde de Importância Nacional (ESPIN) no território devido à atual situação sanitária. De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 570 crianças yanomami já morreram vítimas de desnutrição e falta de assistência médica nos últimos quatro anos. Há problemas de acesso a alimentação e a malária tem se espalhado por aldeias na região do Amazonas e de Roraima.

De acordo com o Decreto 7.616/2011, a ESPIN decorre de situações que demandem o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública. A ESPIN será declarada em virtude da ocorrência de situações epidemiológicas, de desastre ou de desassistência à população.

(Foto: Reprodução/rede social)

Liderança

Em entrevista concedida ao Estadão, a liderança yanomami Dário Kopenawa descreve a situação em que a comunidade se encontra: “Somos abandonados. Já alertamos há muitos anos sobre essa crise humanitária e de saúde”. A falta de medicamentos também preocupa o líder e a população.

Dário Kopenawa é vice-presidente da associação Hutukara Yanomami (Foto: Reprodução/Brasill de Fato)

Exonerações

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) exonerou, nesta segunda-feira (23), 10 coordenadores de saúde indígena do Ministério da Saúde. As demissões foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

Os servidores destituídos eram dos estados de Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Amazonas e Espírito Santo.

Responsabilização

O presidente Lula culpabiliza seu antecessor, Jair Messias Bolsonaro, da atual situação dos povos Yanomamis, afirmando que seu abandono a eles foi “um crime premeditado” e um “genocídio”.

Durante sua gestão, o ex-presidente retirou funcionários da saúde das terras Yanomami em meio à pandemia e a uma invasão garimpeira ilegal, poluindo os rios e deixando a população indígena desassistida.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM