Educação

IFPI e UFPI vão à Justiça para manterem orçamento

O reitor do IFPI, Paulo Henrique Gomes de Lima, revelou que os reitores das universidades federais e dos institutos federais de ensino vão ajuizar ações […]

Publicado por: Wanderson Camêlo 14/05/2019, 20:20

O reitor do IFPI, Paulo Henrique Gomes de Lima, revelou que os reitores das universidades federais e dos institutos federais de ensino vão ajuizar ações contra o governo federal pelo corte no orçamento destas instituições de ensino.

Reitor do IFPI, Paulo Henrique Gomes de Lima (Foto: Divulgação- Teresina FM/ Portal NO TEMPO)

Segundo o reitor, o orçamento do IFPI, que tinha previsão de R$ 49 milhões para 2019, teve R$ 18,5 milhões bloqueados, algo em torno de 38% do valor do orçamento total foi comprometido e afeta diretamente o funcionamento dos 20 campi do IFPI no Piauí.

O instituto tem 25 mil alunos, sendo que 90% deles são de baixa renda, com renda familiar inferior a um salário e meio. Paulo Henrique disse que são mil servidores e mil e duzentos professores, totalizando 2,2 mil servidores.

De acordo com o reitor, os impactos imediatos com os cortes serão sentidos no transporte escolar, na alimentação dos alunos, na vigilância dos campi e nos serviços terceirizados de apoio administrativo. “Não estamos politizando nada. Estamos fazendo uma defesa técnica da situação. Buscamos a bancada federal para defender a educação. E vamos buscar na Justiça a manutenção dos recursos para os institutos e para as universidades”, declarou Paulo Henrique, em entrevista à Teresina FM 91,9.

Em 2017 foram dispensados mais de 230 colaboradores do IFPI já numa medida de contenção de despesas por conta de ajuste no custeio e no orçamento. “Nós fazemos tudo de acordo com o planejamento financeiro pautado pelo orçamento. E esse bloqueio atinge diretamente uma série de ações. O segundo semestre vai ser caótico. Não temos como arcar com as despesas, nem de custeio e manutenção”, alertou o professor.

“Não nos restou outra coisa a não ser buscar apoio da bancada federal e também a estratégia de ajuizar uma ação contra esse bloqueio. E essa judicialização não tem nada a ver com politica. Existe uma lei que garante esse orçamento e vamos pedir o seu cumprimento”, argumentou o reitor do IFPI.

Por Luciano Coelho/ Júnior Medeiros

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM