Banner de Aniversário

Educação

Secretário de Educação confirma retorno às aulas presenciais na rede pública de ensino em 7 de fevereiro

Gestor segue determinação do Comitê de Operações Emergenciais (COE) anunciada nesta quarta-feira (12)

Publicado por: FM No Tempo 13/01/2022, 09:28

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) já se mobiliza para organizar o retorno às aulas presenciais na rede estadual de ensino do Piauí, atendendo à recente determinação do Comitê de Operações Emergenciais (COE). Segundo o secretário Ellen Gera, a volta está programada para ocorrer em 7 de fevereiro.

Foto: Teresina FM

“Desde o início seguimos as decisões do COE na educação em meio à pandemia, apoiadas em robustos dados científicos. Em 2020 e 2021 tivemos experiências de retorno ao ambiente escolar e não registramos nenhum tipo de agravamento que colocasse em xeque os protocolos de segurança”, afirmou em entrevista ao JT1 da Teresina FM nesta quinta-feira (13).

Na visão do gestor, diante da ascensão de variantes da Covid-19, síndromes gripais e outras doenças, é crucial que não haja flexibilização dos protocolos. Dessa forma, devem ser cumpridos com rigor as mesmas medidas: uso de máscara, higienização das mãos, sanitização dos ambientes e distanciamento mínimo de 1 metro dentro da sala de aula.

Além disso, haverá ainda a exigência do cartão de vacinação para os estudantes acima de 12 anos, professores e demais funcionários. “O decreto sanitário vigente no Piauí determina a obrigatoriedade do passaporte vacinal para ingresso em locais públicos. Essa medida visa proteger todos os que frequentam as escolas e seus familiares. Assim, cidadãos não imunizados não poderão permanecer no ambiente escolar”, salientou Gera.

Sobre a vacinação de crianças entre 5 e 12 anos, o secretário ressaltou que, embora tenha sido aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), as doses ainda não chegaram aos estados e municípios. Portanto, como não haverá tempo para concluir a imunização antes do começo das aulas, os pais e responsáveis terão a opção de enviar ou não seus filhos nas semanas iniciais, até que a campanha vacinal seja inaugurada.

Por fim, Gera enfatizou a importância da volta à escola em vista de compensar os prejuízos causados pela pandemia ao aprendizado dos estudantes. “Retomaremos os estágios das escolas de educação profissional, bem como reativaremos o programa de alfabetização de jovens, adultos e idosos. Teremos um trabalho pedagógico intenso em 2022 para consertar os atrasos no processo educacional”, concluiu.

Matéria relacionada:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM