Esporte

De novo? Após 19 dias, Altos demite técnico Francisco Diá e repatria Fernando Tonet

É a quarta troca feita pelo Alviverde apenas neste ano; Tonet volta um ano depois de conduzir Jacaré à Série C

Publicado por: Eric Souza 16/05/2022, 20:34

Haja déjà vu no Altos, viu? Pela quarta vez na temporada, o Jacaré promoveu uma troca no comando de sua comissão técnica: sai Francisco Diá, que chegou há apenas 19 dias, e entra (ou melhor, volta) Fernando Tonet, ícone do acesso inédito do clube à Série C do Campeonato Brasileiro em 2020.

Fernando Tonet, novo técnico do Altos (Foto: Luis Junior/A.A. Altos)

Diá estava no Pouso Alegre-MG e veio ao Piauí para substituir Agnaldo Liz, bicampeão baiano com o Atlético de Alagoinhas, sacado após somente dois jogos à beira do gramado. O folclórico técnico liderou o Alviverde em cinco jogos – dois deles contra o Flamengo, pela Copa do Brasil -, perdeu quatro e venceu um, diante do ABC de Natal.

Por meio de nota oficial, a diretoria do Altos revelou que a saída ocorreu em “comum acordo” entre as partes. Além de Diá, também deixam o clube o preparador físico Venâncio Soares e o fisiologista Ricardo Melo.

Diá comandou Jacaré em apenas cinco partidas (Foto: Divulgação/A.A. Altos)

Antes do ex-comandante e de Agnaldo Liz, passaram pelo time piauiense Evandro Guimarães (oito jogos e três vitórias) e Carlos Rabelo (18 jogos e oito vitórias).

Como nas outras três vezes em que mudou de técnico, a Manga Mecânica não demorou em anunciar o substituto – e, novamente, trata-se de um velho conhecido. Fernando Tonet, que saiu do Marcílio Dias-SC para treinar o 4 de Julho menos de um mês atrás, retorna ao Jacaré depois de um ano.

Tonet está de volta após histórica campanha na Série D de 2020 (Foto: Rhuan Carlos/Globo F.C.)

Contratado pela primeira vez em dezembro de 2019, o treinador gaúcho conduziu o Altos às semifinais da Série D de 2020, garantindo vaga na edição seguinte da Terceirona, bem como classificou a equipe de forma igualmente inédita às quartas de final da Copa do Nordeste de 2021, caindo diante do Vitória.

Em um ano e quatro meses, Tonet disputou 55 partidas e obteve 26 vitórias, 16 empates e 13 derrotas. Agora, ele terá a complicada missão de livrar o Alviverde do temido rebaixamento à Quarta Divisão: atualmente, o clube é o vice-lanterna da Série C com apenas três pontos conquistados.

A chegada do técnico a Teresina deve ocorrer ainda nesta terça-feira (17). O próximo compromisso do Jacaré é contra o Mirassol-SP, líder da Terceira Divisão, no estádio Campos Maia, no domingo (22), às 17h.

Premiações ajudaram?

Segundo a diretoria do 4 de Julho, em nota oficial, a saída de Fernando Tonet foi um “desejo único e exclusivo” do técnico, que teria retornado à equipe após solicitar uma nova oportunidade junto à comissão do Colorado.

Tonet e auxiliar Fernando Vieira durante treino do Colorado (Foto: Sávio Ryan/4 de Julho E.C.)

Ainda de acordo com o Gavião, o treinador pediu a liberação “alegando uma proposta salarial melhor”.

Apenas nos cinco primeiros meses de 2022, o Altos já faturou cerca de R$ 8 milhões em premiações de torneios disputados e com a bilheteria do duelo contra o Flamengo no Albertão.

Matérias relacionadas:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM