Banner de Aniversário

Geral

Diretor-geral do Detran afirma que instabilidades no sistema ocorrem devido à mudança do Renavam

Gestor cita a enorme quantidade de informações migradas do banco de dados antigo para o novo

Publicado por: FM No Tempo 07/01/2022, 09:04

Em dezembro do ano passado, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI) anunciou a suspensão de serviços relacionados a veículos devido à implementação do novo Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Contudo, a medida que deveria ser temporária acabou sendo estendida por conta de ataques hackers ao sistema do órgão; assim, os serviços retornaram somente quatro dias depois do prazo estipulado.

Mesmo com a retomada das atividades, vários usuários têm relatado instabilidades no sistema. No intuito de esclarecer a situação, o diretor-geral do Detran-PI, Garcia Guedes, afirmou que as inconsistências acontecem em razão da recente mudança do Renavam.

Foto: Teresina FM

“O sistema não está fora do ar, mas apresenta alguns problemas pontuais em consequência da migração de informações do antigo para o novo banco de dados. Nossos profissionais estão sanando cada uma delas dia após dia”, garantiu em entrevista ao JT1 da Teresina FM concedida nesta sexta-feira (7).

O diretor explicou ainda que os serviços relacionados a habilitações nunca foram paralisados e, portanto, estão em completo funcionamento. Em 2021, os processos de primeira habilitação foram suspensos, mas serão restabelecidos até o último dia deste ano.

Quanto às demais atividades, Garcia ressaltou que o órgão realiza serviços de primeiro emplacamento desde o ano passado, embora a transferência de veículos através de propriedade, por exemplo, ainda esteja pendente.

“O Detran-PI auxilia os motoristas a gerarem e emitirem o Certificado de Registro de Veículo (CRV), necessário para completar o processo. Quem não conseguiu emitir seu documento no final do ano, bastou comprovar as taxas de pagamento, houve uma flexibilização nesse sentido”, pontuou.

Foto: Reprodução/Google Maps

A respeito do acréscimo no valor do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) a ser cobrado em 2022, o diretor apontou que o aumento ocorreu em âmbito nacional, sobretudo nos automóveis usados, por uma questão mercadológica: a taxa fica mais cara ao mesmo tempo que acontece uma valorização do carro.

“Você pode entrar no site do Detran ou da Fazenda estadual e imprimir seus documentos. Talvez haja alguma multa não paga que impeça a emissão, então é bom verificar antes”, orientou.

Por fim, Garcia reforçou que os cidadãos podem ir presencialmente à sede do Detran-PI para resolverem suas pendências. O órgão está localizado na Av. Industrial Gil Martins, 2000, bairro Redenção, zona Sul de Teresina.

Matérias relacionadas:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM