Banner de Aniversário

Em Tempo

O governador Rafael Fonteles já conseguiu a liberação de mais um contrato desta vez num valor de R$ 2 bilhões junto ao Banco do Brasil, esse com o aval da União. No ano passado, Rafael  Fonteles assinou contrato de R$ 600 milhões em operação de crédito junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento e com o FIDA, que é o Banco Internacional ligado às Nações Unidas. Esse empréstimo é voltado para o desenvolvimento agrícola. Esse agora, de R$ 2 bilhões com o Banco do Brasil, com aval do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, visa investimentos em rodovias, segurança pública, infraestrutura hídrica, e em outras áreas nos municípios piauienses. O contrato foi assinado em Brasília com o vice-presidente do Banco do Brasil,  José Ricardo Sasseron, e o ministro Haddad.

O pré-candidato a prefeito de Teresina, deputado estadual Fabio Novo, propôs a tarifa zero para o transporte público na capital. Ele conta com o apoio do governo do Estado para essas realizações e não cobrar passagem de ninguém. Essa proposta foi apresentada por Fábio Novo num pré-plano de governo que deve ser aplicado na Prefeitura de Teresina.

O prédio Palácio Telemar, em frente ao Palácio de Karnak, pegou fogo na manhã desta segunda-feira. O incêndio foi provocado por um curto-circuito e que foi controlado pelo Corpo de Bombeiros. No local funcionam diversos órgãos do governo do Estado.

O deputado federal Júlio Arcoverde falou sobre a possibilidade do Congresso derrubar o veto do Presidente Lula, que concordou com a saidinha dos presos em datas comemorativas. Os deputados tinham acabado com a saidinha, que foi vetado pelo presidente. Há muito benefício para presos: progressão de regime; visita íntima; remissão de pena; auxílio reclusão, regime semi-aberto e o cumprimento de pena parcial por bom comportamento.

O sistema de saúde de Teresina está sobrecarregado pelo excesso de pacientes do interior do Piauí e de outros estados que buscam a capital para tratamento médico. Falta a infraestrutura e resolutividade no interior para reduzir a quantidade de pacientes que são encaminhados para Teresina, causando a crise e outros desafios na saúde.

Com o objetivo de elevar os índices de saúde e proporcionar mais qualidade de vida aos teresinenses, as obras de esgotamento sanitário seguem em ritmo acelerado. Os canteiros da Avenida Miguel Rosa e Joaquim Ribeiro tem novas rotas alternativas para garantir o fluxo de veículos e a segurança de pedestres. Na Miguel Rosa, O trecho ficará temporariamente interditado entre as ruas Murilo Braga e Eurípedes de Aguiar. O pico de obras ocorre no período noturno, de 22h às 5h e durante o dia, a interdição fica em meia pista. Toda a área estará devidamente sinalizada. Os condutores que transitarem, no sentido Sul-Centro devem acessar a rua 7 de setembro e dobrar à esquerda na Henrique Dias para retornar à Avenida Miguel Rosa. Já na Joaquim Ribeiro, as frentes de serviço estão entre as ruas Arêa Leão e Magalhães Filho. Nesta região, para ter acesso na Av. Joaquim Ribeiro, no sentido Avenida Miguel Rosa-Maranhão, o condutor deve seguir pela Ricardo Seabra e dobrar à esquerda na Arêa Leão, para acessar a Avenida José dos Santos e Silva, depois e dobrar à esquerda na rua Area Leão para então retornar à Joaquim Ribeiro.

 

A Caixa Econômica Federal liberou, nesta segunda-feira (15), o pagamento do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) para os cidadãos nascidos em março e abril. Em torno de 3,8 milhões de trabalhadores com carteira assinada já podem efetuar o saque do benefício, que pode chegar a um salário mínimo. O valor está disponível no aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, além do Portal Gov.br, e refere-se aos meses trabalhados em 2022.

Está prevista para esta terça-feira (16) a votação no Senado da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que criminaliza a posse de qualquer quantidade de droga ilícita. A PEC 45/2023 já foi discutida em quatro sessões no Casa e precisa passar por cinco discussões em Plenário antes da votação em primeiro turno. Para a proposta ser aprovada é necessário que o texto seja acatado por, pelo menos, dois terços dos senadores, isto é, 54 parlamentares, após dois turnos.

 

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM