Política

Wellington Dias admite possibilidade de novo lockdown para barrar crescimento de mortes pela Covid-19

Ele espera um relatório do COE para definir quais vão ser os próximos passos

Publicado por: Wanderson Camêlo 16/10/2020, 14:35

Por Wanderson Camêlo

O governador Wellington Dias (PT) admitiu a possibilidade de estabelecer um novo lockdown caso os óbitos relacionados à Covid-19 continuem aumentando. Ele espera um relatório do COE (Comitê Estadual de Operações Emergenciais) para definir quais vão ser os próximos passos. 

“Queremos seguir a ciência, queremos ter a proteção da vida. Alcançamos uma média que em alguma momento chegou a ficar acima dos 30 óbitos por dia, na média, e alcançamos sete óbitos por dia na média. Agora nessa última semana cresceu novamente para cerca de 10 óbitos na média diária. Então, isso nos preocupou. O Comitê deve apresentar as soluções e a partir daí vamos abrir um diálogo”, destacou Dias. 

Wellington Dias (Foto: reprodução/Instagram)

O executivo piauiense já determinou que o COE proponha ações para barrar o aumento de óbitos em decorrência do novo coronavírus. Wellington se reuniu nesta quinta-feira (15) com integrantes do grupo para discutir sobre o assunto. 

Na ocasião ficou pré-definida uma reunião ampliada com diversos setores para o debate sobre possíveis medidas que evitem o aumento do número de casos e óbitos pelo novo coronavírus. O novo encontro deverá ser realizada por convocação pelo governador Wellington Dias após análise do relatório que está sendo feito pelo Comitê.

Reunião de integrantes do COE, acontecida nesta quinta-feira, 15 (Foto: divulgação)

De acordo com o Consórcio de Imprensa, que colhe dados sobre a Covid-19 junto às secretarias estaduais de saúde, o Piauí foi o único estado a ter alta de mortes relacionadas à doença no país. No estado houve um crescimento de 50% na chamada média móvel. A informação foi divulgada neste domingo (11), no Fantástico, programa jornalístico da TV Globo. 

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), também se manifestou sobre o assunto. Apesar do alerta, o chefe do executivo teresinense descartou a adoção de novas medidas restritivas. 

Sobre o recente levantamento feito  pelo Consórcio de Imprensa, o tucano minimizou dizendo que as infecções e os óbitos em Teresina “estão estabilizados”. 

Matéria relacionada: Covid-19: Wellington Dias convoca COE para avaliar ações contra o aumento de mortes

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM