Banner de Aniversário

Política

PT vive clima de indefinição sobre permanência na base de Doutor Pessoa

Partido aguarda a filiação do prefeito ao PL para decidir que rumo tomar

Publicado por: Wanderson Camêlo 27/01/2022, 09:57

Quanto mais o prazo para filiação de Doutor Pessoa ao PL se aproxima, maior é a tensão dentro do PT. Importantes lideranças da sigla, como o presidente municipal, Cícero Magalhães, cobram a quebra da aliança estabelecida com o prefeito de Teresina ainda no segundo turno da última eleição municipal. 

Doutor Pessoa, prefeito de Teresina, deve se filiar ao PL (Foto: Wanderson Camêlo/Teresina FM)

O assunto deve ser discutido por membros dos diretórios municipal e estadual petista ainda esta semana. A conversa vai servir ainda para bater o martelo sobre a permanência ou não dos três vereadores da agremiação na base de Pessoa. 

“Ajudamos a eleger o prefeito Doutor Pessoa, o prefeito passa por um momento de grande dificuldade e nós vamos sentar com a bancada, analisar e, após isso tomar uma decisão”, destacou o vereador Deolindo Moura. O PT também é representado no parlamento teresinense por Elzuila Calisto e Dudu.

Deolindo Moura durante sessão plenária na Câmara de Teresina (Foto: Reprodução/Facebook)

Em troca do apoio a Doutor Pessoa, o Partido dos Trabalhadores ficou, por exemplo, com o comando da Fundação Wall Ferraz. A harmonia entre a sigla e o prefeito foi abalada depois que o prefeito decidiu se filiar ao PL, partido do presidente da República, Jair Bolsonaro. 

A migração depende apenas de reunião, marcada para esta semana em Brasília, com o chefe da executiva nacional do PL, Valdemar da Costa Neto. Doutor Pessoa deve comparecer junto com o filho, João Duarte (o Pessoinha), que deve ficar com a missão de administrar a legenda no Piauí.

Matéria relacionada:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM