Banner de Aniversário
Gif sobre o fundo estadual dos direitos da criança e do adolescente.

Em Tempo

O deputado Merlong Solano, pelo visto, esqueceu a certeza bíblica de que quem com ferro fere com ferro será ferido.

Ele se queixa de parlamentares do PSL que estão usando as redes sociais para divulgar os nomes de quem votou pelas retirada do Coaf das mãos de Sérgio Moro, incluindo aí o próprio Merlong.

Esquecendo que seu parido, o PT, usou muito desse expediente.

Quando o festejo dos santos começar alguns suplentes vão ter motivos para brincar.

Paes Landim vai assumir o lugar de Merlong Solano na Câmara Federal.

Flávio Nogueira Junior vai para a Secretaria de Turismo e resolve o problema de Belê Medeiros.

A comunista Elisângela Moura entra na vaga de Fábio Novo que, dizem, vai para a Cultura nem que seja arrastado.

Osmar Junior, definitivamente, não é mais o mesmo.

A cada aparição na TV seu desconforto fica mais evidente.

Dizem que o PT, ou alguns petistas, andam infernizando sua vida 24 horas por dia.

Daí o desconforto.

Já que ninguém se entende por aqui, os baianos estão de malas prontas para o desembarque.

É pensamento do governador Wellington Dias entregar alguns hospitais do interior do Piauí a uma ONG baiana.

Aquela mesma ONG que tempos atrás quase toma conta do Hospital Regional Justino Luz, em Picos,

Tem muita gente querendo jogar pedras no governador.

Quando o festejo dos santos começar alguns suplentes vão ter motivos para brincar.

Paes Landim vai assumir o lugar de Merlong Solano na Câmara Federal.

Flávio Nogueira Junior vai para a Secretaria de Turismo e resolve o problema de Belê Medeiros.

A comunista Elisângela Moura entra na vaga de Fábio Novo que, dizem, vai para a Cultura nem que seja arrastado.

O deputado Júlio César, do PSD do Piauí, participou ontem da reunião em que Jair Bolsonaro disse que o governo anunciará “brevemente” um projeto que garantirá mais dinheiro do que a reforma da Previdência.

“Não sei o que é, está todo mundo querendo saber”, disse ele a O Antagonista.

Perguntamos por que os deputados não cobraram alguma explicação mais detalhada do presidente.

“Ele foi a última pessoa a falar. Falou e saiu. E não dava para questionar o presidente.”

Diante do impasse entre os aliados, o governador Wellington Dias decidiu radicalizar.

Os dirigentes de hospitais públicos no interior serão indicados pro ele próprio.

E quem quiser que ache ruim.

Apenas o deputado federal Júlio Cesar votou a favor da manutenção do Coaf no Ministério da Justiça.

Rejane Dias, Merlong Solano, Atila Lira, Flávio Nogueira, Iracema Portella, Marco Aurélio Sampaio, Margarete Coelho e Marina Santos aprovaram a transferência para o Ministério da Economia.

Assis Carvalho, doente, não compareceu.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM