Em Tempo

O Sindicato das Escolas Particulares do Piauí solicitou ao COE novos protocolos nas escolas particulares. De acordo com o presidente do sindicato, professor Marcelo Siqueira, as medidas propõem a redução do período de isolamento de alunos infectados, que é de 14 dias, o distanciamento entre eles, de 1metro para 90 centímetros e a frequência diária dos alunos na escola. Marcelo Siqueira afirma as medidas foram definidas no ano passado e o cenário atualmente é diferente.

“O governo do Piauí cobra 31% de ICMS sobre a gasolina. Ou seja, a cada R$ 100 de gasolina que se vende no estado, R$ 31 vão para Secretaria da Fazenda. Dizer que o estado não tem responsabilidade no custo alto do combustível é uma meia-verdade e uma meia-verdade é uma mentira completa.

O governador Wellington Dias pode sim reduzir o valor pago pelo combustível, se cortar a alíquota do ICMS que o Piauí cobra – uma das mais altas do país, a mais alta do Nordeste.  Poderia seguir o exemplo de outros governadores e baixar o ICMS sobre combustíveis.

Mas, em vez de cobrar menos imposto para tornar a gasolina mais barata, ele e seu secretário da Fazenda preferem manter esse custo sobre os ombros dos piauienses, para financiar não o desenvolvimento estadual, mas sim bancar um programa eleitoreiro para se perpetuarem no poder.”, postou nas redes sociais a deputada federal Iracema Portella sobre a polêmica envolvendo o preço dos combustíveis.

O deputado estadual Hélio Isaias  (Progressistas) reassumiu as funções na secretaria estadual dos Transportes. Tinha ficado o burburinho de que ele poderia não voltar para a pasta, depois da eleição para conselheiro do Tribunal de Contas do Estado na Assembleia. No lugar dele foi convocada a suplente Elisângela Moura para ocupar a vaga de deputado.

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, assinou juntamente com os demais governadores dos estados do Brasil, uma nota que tem por objetivo prestar esclarecimentos à população com relação à escaladas de preços da gasolina no país. Segundo a nota, o preço do combustível subiu em média 40% em 12 meses, mesmo não havendo aumento no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS, imposto cobrado pelos estados da federação. Sendo uma prova que o problema é nacional, e não dos estados.

No Piauí, a porcentagem do ICMS que incide sobre a gasolina se mantém o mesmo valor desde 2017, correspondendo à 30% do valor final no produto. Para o Governador Wellington Dias, os governadores e gestores dos municípios estão preocupados com o aumento dos preços. “Estamos todos preocupados com a escalada dos preços, não somente com relação ao combustível. Queremos uma solução, queremos ajudar, mas precisamos em primeiro lugar estabelecer a verdade”, declara o governador.

Assinam a nota os governadores: Rui Costa (BA), Cláudio Castro (RJ), Flávio Dino (MA), Helder Barbalho (PA), Paulo Câmara (PE), João Doria (SP), Romeu Zema (MG), Ronaldo Caiado (GO), Mauro Mendes (MT), Eduardo Leite (RS), Camilo Santana (CE), João Azevêdo (PB), Renato Casagrande (ES), Wellington Dias (PI), Fátima Bezerra (RN), Renan Filho (AL), Belivaldo Chagas (SE), Reinaldo Azambuja (MS), Ibaneis Rocha (DF) e Waldez Góes (AP).

“Falar a verdade é o primeiro passo para resolver um problema”, assim encerram a nota.

Segundo o médico Sílvio Mendes, o Governo do Estado já fez empréstimos em valores superiores a R$ 7 bilhões.  Ele disse que com o pagamento dos juros, se dividir o valor pela população, de 3,2 milhões de pessoas, e todos pagassem o empréstimo, e vão pagar, daria mais de 2 salários mínimos por pessoa para o pagamento desses empréstimos. “E isso vai sair do seu bolso. O Governo não pode ser perdulário, gastar mais do que tem. E não pode ser  ineficiente. E nem tomar as atitudes mais fáceis, que é aumentar os impostos. É preciso ter cuidado com as pessoas”, advertiu Sílvio Mendes, adotando um discurso mais político.

Amigos do soldado Roberto Verdiano, lotado na PM-PI em Campo Alegre do Fidalgo, estão fazendo uma vaquinha virtual para arrecadar R$ 210 mil. O dinheiro é para pagar uma viatura destruída num capotamento. O soldado foi acusado de colocar várias mulheres na viatura para ir para uma festa na cidade de Lagoa do Barro, quando sofreram o acidente, durante o serviço.

O inquérito apurou que o policial estava fazendo rondas na cidade, porém estava sem o fardamento e supostamente ingerindo bebida alcóolica. Mas não houve comprovação de uso de álcool.

O médico Sílvio Mendes, pretenso candidato a governador em 2022 pelo Progressistas, disse que não tem ansiedade para definição de nomes para a disputa, já que o partido tem como pré-candidatos Ciro Nogueira, Sílvio e Iracema Portella. Sílvio disse que vão querer descontruir a oposição e ele garantiu que não vai jogar pedra em ninguém. “Não sei mentir. Não vou mentir. E ninguém sabe tudo que não pode aprender. Vamos escutar as pessoas”, afirmou Sílvio que percorre o Piauí com a caravana progressista.

A ExpoCaju Piauí será realizada do dia 23 a 25 de setembro no Riverside Shopping. O objetivo é estimular o aproveitamento do caju em todas as cadeias produtivas da cajucultura. O realizador do evento, Jorginho Medeiros, da Data Eventos, informou que o evento acontece na praça de eventos do Riverside; as palestras serão no auditório da Cesvale, no piso superior, e ainda terá show com o humorista Dirceu Andrade, e a escolha da Garota Cajuína. Em entrevista à Teresina FM 91,9, Jorginho Medeiros, disse que serão discutidos a plantação, produção e exportação, bem como de seus derivados.  A Expo Caju conta com recursos da Lei Aldir Blanc, por meio do edital Maria da Inglaterra, da Secretaria de Cultura do Piauí (SECULT), e apoio da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo do Piauí e Governo Federal.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM