Em Tempo

O MPPI por meio das Promotorias nos municípios de Buriti dos Lopes, Luzilândia, Piripiri, Altos, Alto Longá e Teresina, instaurou 16 inquéritos civis públicos para acompanhar o cumprimento do prazo fixado pela Lei da Política Nacional Resíduos Sólidos (PNRS) para o encerramento das atividades de lixões. Essa ação decorre no âmbito do projeto “Zero Lixões: por um Piauí mais limpo”, coordenado pela Promotora Áurea Madruga. Os inquéritos foram instaurados nos municípios de Buriti dos Lopes, Bom Princípio do Piauí, Caraúbas do Piauí, Caxingó, Murici dos Portelas, Brasileira, Joca Marques, Luzilândia, Madeiro, Nazária, Altos, Pau D’arco do Piauí, Coivaras, Novo Santo Antônio, Alto Longá, Beneditinos.

O partido Republicanos realizou a convenção ontem à tarde no Clube do Gari. Na ocasião foram homologadas as candidaturas proporcionais para deputado federal e para deputado estadual. A meta do partido é lançar 20 candidatos a deputado estadual, tendo a perspectiva de eleger 4 deles. E 11 para deputado federal com a expectativa de eleger dois deles.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, está em Teresina onde vai proferir palestra em comemoração aos 123 anos do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI). E na próxima sexta-feira haverá a entrega da medalha do mérito do TCE-PI que leva o nome do conselheiro Jesualdo Cavalcante.

Faz até pena ver que a maioria dos políticos que declarou bens à Justiça Eleitoral empobreceu desde as últimas eleições. Pelo visto, eles perderam patrimônio, de acordo com as declarações. Essa tem sido uma exigência aos candidatos que apresentem os bens que tinham antes das eleições. Dentre os candidatos a governador essa declaração é feita junto com o pedido de registro de candidatura. Até agora os candidatos: Sílvio Mendes (União Brasil) declarou ter R$ 1,93 milhão; Rafael Fonteles (PT) R$ 1,64 milhão; Coronel Diego Melo (PL) declarou ter patrimônio de R$ 395 mil. Dos candidatos a vice a deputada federal Iracema Portella (Progressistas) afirmou ter bens no valor de R$ 1,44 milhão; o deputado estadual Themístocles Filho (MDB) vice de Rafael disse ter patrimônio de R$ 1,7 milhão e o coronel Carlos Pinho (PL), que é vice de Diego Melo, não tem bens a declarou não ter bens.  Os bens declarados são os mesmos bens apresentados no Imposto de Renda Pessoa Física e os bens adquiridos até a data do registro. A lista de bens é um dos documentos que os candidatos devem enviar no ato do seu registro de candidatura, assim como o plano de governo, certidões que não tem ficha suja, que está quite com a Justiça Eleitoral e tem filiação partidária é regular.

O Sindilojas vai fazer uma campanha para as pessoas não comprarem tanto pela internet. Segundo os dirigentes do sindicato, comprando fora,o emprego ea  renda vão para fora. E, d acordo com eles, não é mais barato comprar pela internet.

Daqui a pouco tem a convenção do Republicanos e a turma que vai disputar mandato para deputado estadual e deputado federal não estão numa vibe muito boa não! O Republicanos não definiu um rumo a seguir e os filiados resolveram cada um tomar um rumo. O prefeito de Teresina Dr. Pessoa queria que houvesse um casamento entre os candidatos estaduais e federais, mas essa orientação não foi seguida pelos militantes.

O secretário de Educação de Teresina, Nouga Cardoso, frisou que não existe mais a greve dos professores nas escolas da rede municipal de ensino. Ele disse que as escolas estão funcionando normalmente. O Sindserm afirmar que o movimento continua e que vai pedir a nulidade das aulas ministradas por pessoas sem capacidade durante esse período. Nouga Cardoso disse que a greve chegou ao fim por decisão judicial do desembargador Othon Lustosa. “Nós cumprimos o que a justiça determina. Então, há mais de um mês não trabalhamos com essa situação de greve. As escolas estão funcionando dentro do seu ritmo de retorno no segundo semestre. As aulas retornaram dia 2 e muitas foram as manifestações apresentadas pelas direções das escolas do funcionamento normal. Os professores retornaram às atividades”, afirmou o secretário Nouga Cardoso dizendo ainda que o semestre letivo entrará em 2023.

A vereadora Pollyana Rocha, da federação PT/PV/PCdoB, garante que vai permanecer apoiando Rafael Fonteles, candidato do PT ao governo do Estado, já o pai da parlamentar, o ex-vereador Pulim, resolveu fechar acordo com o principal adversário do petista: Silvio Mendes (União Brasil). Pulim posou para foto ontem ao lado do candidato da oposição e confirmou a adesão. Será se ainda dá de tempo de convencer a filha a mudar de ideia? Ela chegou a ser especulada no palanque de Silvio, mas negou que tenha interesse em seguir caminho distinto da federação que defende. No entanto, o apoio da vereadora à base governista é bastante discreto: não costuma elogiar nem participar de eventos ao lado de Rafael.

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM