Política

Deputado Fábio Novo critica pré-acordo de Doutor Pessoa com o PL e cobra pulso forte do PT

“Espero que o partido tenha juízo”, declarou o parlamentar petista

Publicado por: Wanderson Camêlo 21/01/2022, 09:39

O secretário estadual de Cultura, Fábio Novo (PT), endossou as declarações do correligionário Wellington Dias, governador do Piauí, e destacou que o partido não vai apoiar Doutor Pessoa caso o prefeito de Teresina se filie mesmo ao PL.

O ainda emedebista ficou de bater o martelo na próxima semana depois de conversa, em Brasília, com o chefe da executiva nacional do PL, Valdemar da Costa Neto.

Fábio Novo, deputado estadual pelo PT (Foto: Divulgação/Alepi)

Ao falar do assunto, nesta quinta-feira, durante entrevista à imprensa, Novo aproveitou para criticar o presidente da República. “Se o prefeito de Teresina se filiar ao PL, ele claramente está dizendo que é Bolsonaro, e nosso partido não é nem contra o Bolsonaro, é contra esse projeto que está aí colocado”, afirmou.

“Um projeto que discrimina pessoas, discrimina negros, discrimina mulheres, a população LGBT. Um projeto que não tem compromisso com a vacina, um presidente totalmente genocida e que estimula a não vacinação das nossas crianças […] Então, espero que o partido tenha juízo”, atacou.

O secretário ainda frisou que não se arrependeu de não ter votado no prefeito no segundo turno da última eleição municipal. Para Fábio Novo, o comportamento de Pessoa mostrava que “os rumos que Teresina poderia tomar seriam ruins”.

“Se ele faz a opção de ficar com esse projeto, eu, Fábio Novo, tenho muito orgulho de dizer que não votei nesse projeto no segundo turno. E não votei porque o comportamento do prefeito já ficava muito claro para mim que os rumos que Teresina poderia tomar seriam ruins; aliás, os dois projetos [o de Pessoa e o do tucano Kleber Montezuma] apresentados no segundo turno eram muito ruins, por isso eu optei por votar nulo”, destacou o petista.

O PT ainda não oficializou o rompimento de relações com Doutor Pessoa. O partido ocupa, por exemplo, o comando da Fundação Wall Ferraz em Teresina.

Matérias relacionadas:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM