Política

Dr. Pessoa revela convite de Bolsonaro para se filiar ao PL e afirma: “Nem Wellington, nem Ciro”

Declaração do prefeito foi dada em entrevista à imprensa nesta quarta-feira (12)

Publicado por: Wanderson Camêlo 13/01/2022, 09:43

O prefeito de Teresina Dr. Pessoa (MDB) esteve com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), em Brasília, e não só para tratar sobre questões administrativas, como a liberação de recursos para a ajuda de atingidos por alagamentos na capital. O emedebista voltou na última terça-feira (11) com a promessa de dar uma resposta acerca do convite, que recebeu do chefe do executivo nacional, para se filiar ao PL.

Pessoa tratou do assunto nesta quarta-feira (12) durante coletiva, no Palácio da Cidade, à imprensa local. O gestor garantiu que, no encontro com Bolsonaro, ainda foi “assediado” por Ciro Nogueira (Progressistas). O ministro-chefe da Casa Civil teria reforçado ao prefeito o pedido de filiação ao União Brasil, onde Ciro age como interventor.

Especulado fora do MDB, Pessoa tem à disposição PL e União Brasil (Foto: Wanderson Camêlo/Teresina FM)

“Fui bem recebido. Não estava marcado para conversar com o presidente da República duas vezes. Lá foi sugerido que o prefeito de Teresina fosse para o partido PL. Eu já havia conversado há mais ou menos um mês e meio com o ministro Ciro Nogueira tratando sobre o União Brasil. Não ficou acertado nem com o partido A nem com o B. Mas ficou de avançarmos. Eu tenho que ouvir meus companheiros de partido”, ressaltou.

Pessoa acrescentou ainda que seu desejo é por uma terceira via na disputa pelo governo piauiense. “Eu não estou nem do lado A nem do lado B, nem do Wellington Dias nem do Ciro Nogueira. Estou construindo a terceira via. Quero dizer que quero marchar independente”, ponderou. O emedebista só não definiu ainda se seu nome estará à disposição do projeto.

Recursos federais

Com relação a recursos federais para o município de Teresina, sem novidades. Dr. Pessoa apenas afirmou que os pedidos feitos a alguns ministérios estão sendo analisados.

Uma das demandas diz respeito ao envio de suprimentos e de verbas para ajudar as famílias desabrigadas na capital por alagamentos causados pelas águas da chuva. Em visita a Teresina este mês, o ministro da Cidadania, João Roma, garantiu a liberação de R$ 5 milhões para contribuir com a resolução do problema, mas o dinheiro ainda não está no caixa do executivo municipal.

Matérias relacionadas:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM