Política

Vereadores do PP resistem a pressão para abandonar base de Fonteles e podem ser expulsos do partido

Direção municipal da legenda deve se reunir esta semana para dar um ultimato aos parlamentares dissidentes

Publicado por: Eric Souza 04/08/2022, 10:19

Matéria de Wanderson Camêlo

Os vereadores Neto do Angelim e Valdemir Virgino podem estar com os dias contados no Progressistas. Os dois aderiram à base que apoia a candidatura de Rafael Fonteles (PT) ao governo do Estado, indo de encontro à orientação do partido.

Valdemir Virgino, à esquerda, Rafael Fonteles, ao centro, e Neto do Angelim, à direita (Foto: Divulgação/Ascom)

A agremiação não deu carta branca para nenhum dos filiados em âmbito majoritário, isso porque tem Joel Rodrigues como candidato ao Senado e apoia a candidatura de Silvio Mendes (União Brasil) ao governo do Estado. A vice de Mendes (Iracema Portella), diga-se de passagem, é do Progressistas.

A direção municipal da legenda ainda vai se reunir esta semana para dar um ultimato aos dois vereadores dissidentes, que não estão dispostos a desfazer o acordo com o grupo governista. Em entrevista à Teresina FM, Neto destacou que só vai se manifestar após uma conversa com o partido; Valdemir Virgino adotou o mesmo discurso.

Os dois correm o risco de serem expulsos por infidelidade partidária. Caso isso aconteça, o caminho da dupla pode ser o Republicanos, partido comandado no estado pelo prefeito de Teresina, Doutor Pessoa. Neto e Valdemir, aliás, integram, também a contragosto do Progressistas, a base que representa os interesses do gestor.

Matérias relacionadas:

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM