Saúde

Governadores do Nordeste criam consórcio e querem trazer médicos cubanos de volta

Os governadores buscam contato direto com a organização Pan-Americana de Saúde para reativar o programa Mais Médicos com profissionais cubanos no Nordeste.

Publicado por: Wanderson Camêlo 19/06/2019, 19:14

Foto: Reprodução

Os governadores dos nove Estados do Nordeste formaram legalmente o Consórcio do Nordeste, que tem como objetivo buscar uma maior autonomia em relação ao governo federal e as políticas federais que consideram nocivas para a região. Os governadores buscam contato direto com a organização Pan-Americana de Saúde para reativar o programa Mais Médicos com profissionais cubanos no Nordeste.

Uma das primeiras medidas que os governadores pretendem fazer é a retomada do formato original do programa Mais Médicos, com a presença dos médicos cubanos.

O Consórcio do Nordeste já está entrou em contato com representantes da OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde), entidade liga à OMS (Organização Mundial da Saúde), e consultou sobre a possibilidade de trazer profissionais estrangeiros para refazer a cobertura dada pelo Mais Médicos ao sistema público de saúde nos estados nordestinos.

Após a perda dos cerca de 8 mil médicos para o sistema, o Governo Federal prometeu que preencheria todas as vagas com médicos brasileiros, algo que ainda não aconteceu. Várias cidades continuam a espera de novos médicos para substituir os cubanos que se foram, e as pessoas nesses municípios ficaram sem atendimento.

Por Luciano Coelho/ Júnior Medeiros

Leia também

Contato
  • (86) 99972-0111
  • jornalismo@teresinafm.com.br


Anuncie conosco
  • (86) 98153-2456
  • comercial@teresinafm.com.br
Teresina FM